Publicidade

Milhões de famílias deixam de usufruir do desconto na conta de luz

Falta de utilização da Tarifa Social de Energia Elétrica revela desafios de acesso aos benefícios para população de baixa renda

27/03/2024 às 09h57
Por: Portal Click83 Fonte: Com informações da Agência Brasil
Compartilhe:
- Foto: Reprodução/Arquivo/Agência Brasil
- Foto: Reprodução/Arquivo/Agência Brasil

Quase 8 milhões de famílias de baixa renda no Brasil estão deixando de usufruir do direito de pagar suas contas de energia elétrica com descontos que podem chegar a 100%. Segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), dos 24,9 milhões de lares aptos a receber a Tarifa Social de Energia Elétrica (Tsee), apenas 17,05 milhões estão efetivamente utilizando o benefício, evidenciando que 7,92 milhões têm direito ao desconto, mas não o estão aproveitando. Essas estatísticas, referentes a fevereiro de 2024, apontam para desafios significativos no acesso aos programas de assistência para a população de menor poder aquisitivo.

Continua após a publicidade
Anúncio

A Tarifa Social é concedida de forma automática para as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). No entanto, muitas famílias elegíveis para o benefício ainda não estão devidamente cadastradas.

Para aquelas que atendem aos requisitos de renda per capita familiar de até meio salário mínimo e ainda não estão no CadÚnico, a orientação do governo federal é realizar o requerimento do benefício nos Centros de Referência em Assistência Social (Cras) distribuídos pelo país.

Continua após a publicidade

Os dados revelam disparidades significativas entre os estados brasileiros no que diz respeito à utilização da Tarifa Social. Enquanto estados como Ceará, Paraíba e Alagoas apresentam altos índices de utilização, com 87,2%, 79,9% e 79,5% das famílias aptas usufruindo do benefício, respectivamente, estados como Amazonas, Distrito Federal e Santa Catarina têm taxas de utilização consideravelmente menores, com apenas 32,7%, 38,9% e 42,3% de adesão.

A Tarifa Social de Energia Elétrica, criada em 2002, visa proporcionar alívio financeiro às famílias de baixa renda, reduzindo o impacto do custo da energia em seus orçamentos mensais. 

Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,41 -0,28%
Euro
R$ 5,82 -0,08%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,47%
Bitcoin
R$ 372,324,87 -2,37%
Ibovespa
119,862,08 pts 0.61%
Lenium - Criar site de notícias