Publicidade

Mais de 51 milhões de brasileiros utilizam planos de saúde em 2023

Faixa etária de 45 a 49 anos apresenta o maior avanço, refletindo a dinâmica econômica do País

24/01/2024 às 22h29 Atualizada em 24/01/2024 às 22h41
Por: Portal Click83 Fonte: Click83 com informações da Agência Brasil
Compartilhe:
- Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
- Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Em um cenário que reflete não apenas a busca por cuidados de saúde, mas também um impulso econômico, dados divulgados hoje pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) revelam um crescimento no setor de planos de saúde. Pela primeira vez, o país ultrapassou a marca de 51 milhões de usuários desses planos.

Continua após a publicidade
Anúncio

Crescimento impulsionado por faixa etária e aquecimento econômico

O levantamento apontou um crescimento de 957.197 beneficiários em planos médico-hospitalares ao longo de 2023, consolidando um total de 51.081.018 usuários em dezembro do ano passado. Paralelamente, os planos odontológicos registraram um aumento de 2.469.502 beneficiários no mesmo período, totalizando 32.668.175 usuários.

Continua após a publicidade

Um destaque relevante foi o crescimento observado na faixa etária de 45 a 49 anos, que liderou tanto em planos de assistência médica quanto odontológicos. Com 240.716 novos beneficiários em planos de saúde e 281.144 em planos odontológicos, essa faixa etária demonstra uma demanda crescente por cobertura nesse segmento.

Maurício Nunes, diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, associou esse aumento à dinâmica econômica do país, ressaltando um crescimento preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) na ordem de 3% em 2023. Além disso, ele destacou a criação de 1,9 milhão de empregos formais entre janeiro e novembro do mesmo ano, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Planos coletivos empresariais impulsionam o número de beneficiários

Continua após a publicidade

O aumento de empregos formais teve um reflexo direto no setor de planos de saúde, especialmente nos planos coletivos empresariais. Este segmento testemunhou um crescimento substancial, passando de 34,8 milhões de beneficiários em janeiro de 2023 para 36 milhões em dezembro do mesmo ano.

A ANS destaca que os números apresentados estão sujeitos a revisões mensais pelas operadoras, o que pode influenciar as estatísticas ao longo do tempo. No entanto, o panorama atual revela um cenário positivo para o setor de saúde suplementar, alinhado ao dinamismo econômico experimentado pelo Brasil.

Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,41 -0,28%
Euro
R$ 5,82 -0,08%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,47%
Bitcoin
R$ 372,324,87 -2,37%
Ibovespa
119,862,08 pts 0.61%
Lenium - Criar site de notícias