Publicidade

Restrições ao acendimento de fogueiras nas Festas Juninas permanecem na Paraíba

Restrições às fogueiras nas festas juninas: Paraíba mantém medidas preventivas durante a pandemia.

21/06/2023 às 10h01 Atualizada em 22/06/2023 às 06h55
Por: Portal Click83 Fonte: Redação
Compartilhe:
Reprodução: Click83
Reprodução: Click83

Campina Grande e João Pessoa - Em meio às tradicionais festas juninas, que celebram São João, símbolo cultural da Paraíba, as restrições ao acendimento de fogueiras continuam sendo aplicadas em diversas cidades do estado. Embora a Organização Mundial da Saúde (OMS) tenha reclassificado a Covid-19 como uma pandemia contínua, a disseminação global do vírus e a transmissão sustentada ainda levam autoridades a manterem medidas de prevenção. Nesse contexto, as autoridades paraibanas têm adotado uma postura cautelosa em relação às fogueiras nas áreas urbanas.

Continua após a publicidade
Anúncio

A Superintendência de Administração do Meio Ambiente da Paraíba (Sudema), em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental, intensificará a fiscalização do acendimento de fogueiras nas zonas urbanas, bem como o comércio ilegal de madeiras. A medida visa proteger a saúde dos moradores, especialmente aqueles que possuem doenças respiratórias, uma vez que a fumaça gerada pelas fogueiras pode ser prejudicial.

Na capital paraibana, João Pessoa, a Lei Municipal nº 14.093, de novembro de 2020, que proibia o acendimento de fogueiras e a queima de fogos de artifício durante o estado de emergência e/ou calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19, não está mais em vigor, uma vez que a OMS encerrou o estado de emergência. No entanto, a Lei Estadual nº 11.711, de junho de 2020, que proíbe as fogueiras em espaços urbanos enquanto durar a pandemia, continua em pleno vigor.

Continua após a publicidade

Em Campina Grande, a segunda maior cidade da Paraíba e conhecida por suas festividades juninas, a Prefeitura anunciou a proibição do acendimento de fogueiras no espaço urbano durante as festas juninas, seguindo uma recomendação do Ministério Público da Paraíba (MPPB). O promotor de Justiça do Meio Ambiente e Patrimônio Social de Campina Grande, Hamilton de Souza Neves Filho, expediu a recomendação, e a Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente do Município assegurou o cumprimento dessa determinação.

Promotores de Justiça do Ministério Público da Paraíba atuantes em mais de 40 municípios paraibanos também emitiram recomendações para fiscalizar o acendimento de fogueiras. Essas medidas têm o objetivo de preservar o meio ambiente e garantir a saúde da população. Mesmo nas cidades sem recomendações específicas, a lei estadual nº 11.711, de 2020, continua válida e exige a adoção de medidas de combate ao acendimento de fogueiras.

A população é encorajada a denunciar possíveis infrações por meio do telefone 3218-9208, que também funciona como WhatsApp. As denúncias devem conter fotos, vídeos, imagens da fachada da residência, endereço completo e, se possível, pontos de referência.

Continua após a publicidade
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,41 -0,18%
Euro
R$ 5,81 -0,12%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,45%
Bitcoin
R$ 370,496,24 -2,95%
Ibovespa
119,682,42 pts 0.46%
Lenium - Criar site de notícias